quarta-feira, 16 de agosto de 2017

MISERICÓRDIA E MISERICÓRDIAS

MISERICÓRDIA E MISERICÓRDIAS – Misericórdia é "não receber o que merecemos" – isto é, sermos julgados por nossos pecados. Muitas vezes é mencionada em contraste com a graça, que é "receber o que não merecemos" – isto é, a salvação e as muitas bençãos associadas a ela. Assim, Deus estende a Sua "misericórdia" aos homens em seus pecados (Efésios 2:4) porque Ele não quer que ninguém se perca eternamente (2 Pedro 3:9).
Por outro lado, as "misericórdias" de Deus têm que ver com coisas temporais que Deus concede aos homens providencialmente nas dificuldades da vida na Terra (Gên 32:10; Salmo 40:11; Lam. 3:22; 2 Cor. 1:3; Fil 2:1; Col. 3:12). Isto seriam coisas relacionadas ao Seu cuidado pelas pessoas em meio aos perigos da vida, etc. Assim, em contraste com nossas bênçãos que são celestiais, espirituais e eternas, as misericórdias de Deus são provisões terrenas e temporais que Ele concede aos homens na Terra. Esta distinção entre misericórdia e misericórdias é uma ideia geral na Escritura, mas pode haver exceções.

A seguinte citação da revista The Christian Friend (E. Dennett, editor) é útil a este respeito: "No versículo 3 [de Efésios 1] encontramos o melhor tipo de bênçãos, no melhor lugar, elas estão em Cristo e elas estão todas lá. Temos misericórdias temporais com certeza, mas isso é apenas uma coisa passageira, e não a nossa porção "(The Christian Friend, vol. 9, 1882, pp. 213-214).